Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um olho no destino, outro na paisagem



Um olho no destino, outro na paisagem
=============================ErdoBastos

Caminhar e caminhar...
É longa a estrada e os pés vem cansados, os olhos já sem o brilho da ilusão, mas, ainda, conservando o da esperança.
São olhos que já viram muito. Viram os fogos da alegria e o sal das lágrimas.

O peito fortalecido pela liberdade conquistada.
Um peito que já abrigou muitos ideais e a dor de alguns fracassos, de algumas ausências e muita saudade.
Um peito que conhece a resignação, não o desapego.

Não olho pra trás. Não ando pelo caminho já percorrido. Percorro-o por vezes, transportado pela memória a momentos nela tatuados. Vôo nas asas da saudade, mas me reservo o direito de olhar pra frente, de andar em frente.

Minha liberdade teve o custo de duas lágrimas. Uma de alegria e outra de sofrimento.

Paguei o preço dela e a exerço com a consciência tranqüila de quem disse muito mais vezes sim do que não durante a jornada.

Calei-me algumas vezes. Calado aprendi mais do que ensinei falando.
Nunca me calei constrangido, sempre emocionado.
Emprestei minha voz a quem dela precisava, sempre erguida a defender o justo, a igualdade e a liberdade.

Caminhar e caminhar... Sempre com um sorriso, por saber que a tristeza não vale o preço que cobra e que a alegria cobra o que, nem sempre, se pode pagar.

A estrada da vida não é sinalizada nem tem acostamento onde se possa parar pra descansar. Nela se deve sempre caminhar, e caminhar e caminhar...

Com um olho no destino e outro na paisagem, pois de nada serve andar numa estrada longa se não se aproveita as paisagens.



.
ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 24/11/2007
Código do texto: T750088

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 62 anos
789 textos (38028 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 09:44)
ErdoBastos