Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JÁ NÃO SEI SE É POSSÍVEL

Eu programei todos os detalhes pra esperar você voltar
Cada pedacinho de mim estava absolutamente dedicado à você
E todas as minhas vontades era fazer a suas vontades
E esse era o meu maior medo
Ter que conjulgar os verbos relacionados à você no passado
Eu nunca consegui ser perfeita em nada do que eu fiz
Na realidade não vou transformar esses pensamentos em lamentos
Não necessito da pena de ninguém
So quero que fique claro que todos os meus pensamentos ainda estão em você
Que todas as minhas esperanças ainda estão ligadas à você
E por mais que eu tenha errado
O perdão é o meu maior desejo agora
Eu espero você ainda mais do que antes ainda
Eu pretendo tentar esclarecer que um erro as vezes não leva à outros erros
Mas sim a decepções, arrependimentos...
Tenho na ponta da língua as respostas para todas as perguntas possíveis que você possa fazer
Mas prefiro me trancar pra ver o que vai ser
Aonde vai dar!
Em um dia de muita chuva me disseram que o que é pra ser vai ser
Nunca na realidade acreditei nisso
Sei que cada um faz o seu destino
Tudo é conseqüência do que a gente faz
Então venho aqui assumir uma culpa que é só minha
Não tenho como me justificar
Apenas peço que entenda porque um dia pode ser você
Para mim o que realmente importa é o sentimento em  jogo
E te garanto que o que eu sinto por você está cada dia mais forte
E a sensação de te perder me consome a cada segundo
Já não sei o que fazer sem você
Definitavamente te coloquei na minha vida
Não me faz ter que tentar te tirar
Já não sei se é possível!
Não me faça escrever uma despedida
Já não sei mesmo se é possível!
Larissa Matos
Enviado por Larissa Matos em 24/12/2007
Código do texto: T790573

Comentários

Sobre a autora
Larissa Matos
Campo Verde - Mato Grosso - Brasil, 35 anos
33 textos (2992 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/05/21 00:02)
Larissa Matos