Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escrevi mais de cem canções

Eu não sou o seu maior sonho
Nem sou a sua maior vitória
Sou simplesmente feita de erros e defeitos
aos quais você não vai conseguir entender nunca
Tenho as melhores intenções que já encontrei nesse mundo
Não tenho coragem de ser egoísta
Não consigo ser dissimulada, nem ao menos mentir
Eu realmente não sei quem planejou um caráter assim
mas não nasci pra fazer bem pra mim
Talvez as coisas mais adequadas de se ver não sejam vistas
Ou os momentos mais agradáveis não sejam vividos
mas na verdade isso nunca ninguém vai saber
Eu escolhi tentar ser como alguém que eu tanto invejo
Porém é a única inveja boa que conheço
Uma inveja que cura e ressussita
Quando alguém escolhe a felicidade de outra pessoa invéz da sua
Significa o que?
Significa o que dizer que o "eu" já está ficando obscuro
Me entende por um minuto
Me dá um único abraço que seja acolhedor
Por favor conforta essa falta que me faz esse passado que não me esquece
Eu daria tudo que tenho por uma certeza sua
Apesar de não ter nada concreto
Te dou o que há de mais sincero em mim
Os meus sonhos, as minhas utopias
Me realiza uma vontade e te faço feliz pro resto da vida
Estou ficando fraca e tão sensível
que juro que nem eu mesma me compreendo
Por isso me ajuda a me entender
Me socorre dos meus pesadelos que não consigo acordar
E tantas noites que não passam
Tantos dias que não me cabem
Que não me completam
Sabe quando os sonhos ficam longes e a terra parece perder a concistência?
Sabe quando a vontade é não existir?
Quando o desejo é sumir?
Nenhum acaso me tromba
Nenhuma vitória é convicta
Por isso não me julgue
Nem me tente fazer acertar todas as vezes
A minha felicidade está em você dizer ou não o que realmente quer
Não caio mais nessas chantagens
Não entendo mais essas glórias
Só me deixa ir dormir
Só não me impeça de sonhar
Não me amarre aos seus sentimentos
Porque por enquanto não entendo nem os meus.





Larissa Matos
Enviado por Larissa Matos em 27/04/2008
Reeditado em 27/04/2008
Código do texto: T963840

Comentários

Sobre a autora
Larissa Matos
Campo Verde - Mato Grosso - Brasil, 35 anos
33 textos (2992 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 23:05)
Larissa Matos