Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOU VIVENDO SIMPLESMENTE


Como saber quanto tempo ainda tenho
Se o tempo é regido pelo Criador
Não sei se é meio o meu caminho
Ou se preciso regatear com o Fiador.

Vou vivendo simplesmente, vou vivendo
Com os olhos contemplando o infinito
Braços abertos para alcançar  além dos montes
Lábios sempre prontos para o fiel amante.

No meio do caminho, sinto a plenitude
De um fogo que acende minha alma livre
Essa chama revela um desejo permanente
De cometer pequenas loucuras, pequenos atos decentes.

No meio do caminho encontrei a experiência
Talhadas em meu corpo de pedra fria e dura
Como o tempo passou eu não me lembro
Confesso que não foi fácil a semeadura.

De herança a Esperança me acompanha
No meio do caminho sou uma alta torre
Com um farol reluzindo, iluminando a noite
Delicio-me na poesia que me socorre.

Dias e noites se passam ligeiro
Vou vivendo à medida que o mundo corre
Sem ter pressa que o amanhã chegue
E meu futuro se constrói  mais forte.

Elma Sales
Enviado por Elma Sales em 10/09/2019
Código do texto: T6741891
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Elma Sales
Fortaleza - Ceará - Brasil, 52 anos
108 textos (1648 leituras)
1 e-livros (14 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 21:16)
Elma Sales

Site do Escritor