Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acho que hoje estou para poesia.

Acho que hoje estou para poesia,

 Quase que ouvindo o vento soprar teus versos.

 Talvez seja só um pouco de loucura e solidão.

 Quase como se meu lugar não fosse aqui, quase como se eu não existisse.

 No fundo sempre fui bom de estar só.

 Quase como se esse não fosse o meu tempo.



 Certa vez, ao menos uma, me encontrei em teus olhos, vivi uns meses em teus lábios, me alimentei do teu sexo.

 Quase como se houve nexo.

 Quase como se morasse no teu reflexo.



 Mas você partiu, levou o meu lugar,

Nunca mais observei nuances do luar...e a noite sumiu, e o dia sumiu.



Acho que hoje estou para poesia.
Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 01/10/2020
Código do texto: T7077380
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
467 textos (14796 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/21 23:02)
Leo Magno Mauricio