Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um crime sem perdão

Hoje sonhei com seu beijo,
Freud explica o desejo.
Espero que um dia isso acabe.
Conquistou a mim e não sabe.
.
Guardarei nossas memórias,
Elas fariam uma linda história.
Desde biscoitos com goiabada,
Às conversas sem palavra.
.
De Engenheiros a João Gomes,
O edredom não esconde.
Ah, sua pele macia...
Único toque que me sacia.
.
Nossos corpos perfumados,
Quebrando o sagrado.
Por quê é pecado
Estar ao seu lado?
.
Bem, venha de novo,
Dessa vez na imaginação.
Pelo menos no sonho,
Posso sentir seu coração.
.
Queria te beijar agora,
Mas não quero condenação.
Tem que ser assim?
Um crime sem perdão.
.
Por quê te tocar é errado?
Não posso nem te ver.
Cobiçar o que não é meu
Me afasta de você.
.
Por falta de um grito,
Se perde um rebanho.
Com a gente, nem Screaming
Faz real esse sonho.

Dedico ao homem mais criativo e que despertou sensações enérgicas ao meu ser!
Edla Ellen
Enviado por Edla Ellen em 22/07/2021
Reeditado em 22/07/2021
Código do texto: T7304687
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Edla Ellen
Padre Marcos - Piauí - Brasil, 20 anos
6 textos (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/07/21 18:36)
Edla Ellen