Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


O NOIVO 



Estou novamente parado diante daquela porta
A porta que nunca abro
Por não saber o que me espera do outro lado...

Não se trata de covardia ou medo
Nem tão pouco tratasse de desespero

Há sem duvida um motivo forte
E, ao mesmo tempo, um motivo fraco
Persuadindo-me cada um a ir para um lado

Mas, como ainda estou solteiro
E há muito pouco tempo comecei a conhecer-me
Todas as vezes que venho aqui
Diante dessa porta
Deixo as Chaves em casa...

ULISSES de ABREU
Enviado por ULISSES de ABREU em 18/01/2007
Código do texto: T351582


Comentários

Sobre o autor
ULISSES de ABREU
Viçosa - Minas Gerais - Brasil
608 textos (209243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 16:17)
ULISSES de ABREU