Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APOCALIPSE ATUAL



Somos seres falíveis demais
Julgamos ser deuses perfeitos
Queremos alterar a ordem da vida
Que petulância! Que disparate!
A natureza rebela-se, mostra sua força
O homem teima em destruí-la
Neste embate descomunal há consumição
O animal entra em extinção
O solo treme em alerta,
Mas a humanidade não desperta
As ondas crescem, matando populações
O magma sobe, explode-se em vulcões
O homem impassível, a tudo assiste
Levanta seu dedo em riste
A bradar contra o natural
Será que o bicho é o irracional?
Pretensão demais destrói
A mulher de Ló virou estátua de sal
Deseja o humano ser apenas uma lembrança atemporal
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 20/02/2005
Código do texto: T4819


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (953099 leituras)
16 áudios (8941 audições)
311 e-livros (34560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 19:52)
Denise Severgnini