Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rabisquei palavras

Rabisquei palavras


Hoje...
Sentindo-me, triste sem saber o que fazer.
Pensei escrever...
Talvez fosse a melhor solução no momento.
Por esta razão...
Resolvi, colocar no papel, o que eu sentia.
Rabisquei palavras...
Sem nexo, vazias, sem o mínimo argumento.

Fui para rua...
Fazer perguntas, buscando algumas respostas.
Vi muito ódio...
Muitas perguntas eu fiz, respostas não consegui.
Minha tristeza persiste...
Voltei aos meus rabiscos, conseguindo escrever.
O que na rua colhi...
Na voz do povo a revolta, falta de calor eu senti.

Confiar em quem...
Estes foram meus pensamentos, e nossa esperança.
Onde fica...
Nas promessas feitas, que jamais serão cumpridas.
Ou num plenário...
Onde julgam corruptos, que jamais serão punidos.
Para nossa tristeza...
Continuaremos a mercê, de ambições desmedidas.

                                       

Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 16/09/2005
Código do texto: T50849
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (155172 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/20 09:15)
Volnei Rijo Braga