Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração insensato

Não sinto nada. Coração insensato
Por que deveria sentir?
Amei e não fui amado
Por que agora tenho que fingir?

Fingir o amor que não merece
Dar-lhe o amor que te apetece
Não sou fingidor e incoerente
Respeito teu jeito indiferente

Sinto o vazio no corpo, no olhar
Estou à procura da felicidade
Encontro às águas do mar
Abundantes, como a saudade
Juraci Rocha
Enviado por Juraci Rocha em 27/09/2005
Código do texto: T54224


Comentários

Sobre o autor
Juraci Rocha
São Paulo - São Paulo - Brasil
342 textos (132215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 02:15)
Juraci Rocha