Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prazer da Carne

Sabemos o que queremos e o que não importa
Também percebemos como nos crucificam à nossa volta
Nós amamos o mundo e o mundo nos odeia
E por isso posso sentir a revolta circulando em minhas veias
Nós somos a revolução, amigos dos pecadores
Nós somos os órfãos desiludidos por amores
Nós somos os doentes, mas ninguém se importa com nossas dores
Nós somos tudo isso pois somos sinceros entre os atores

Entregando seu corpo por dinheiro ou amor
Você não percebe a diferença entre o espinho e a flor
Mas no fim disso o que sente é angústia e dor
Porque você se sujou no prazer da carne, no mortal pecado
Não consegue se controlar, parar de agir errado

Queria voltar no tempo se pudesse
Olhar pra frente sem ser preso pelos erros passados
Me sentindo sozinho, não sei se podem ouvir minha prece
Coração duro, ferido e corpo mutilado
Todos mudaram, só eu continuo pior ou igual
Todos crescem, me esquecem só eu continuo mal
Perdido e sozinho no prazer da carne

Postado originalmente em 26 de Julho de 2009.
Seaxdeor
Enviado por Seaxdeor em 03/01/2018
Código do texto: T6216185
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Seaxdeor
Campinas - São Paulo - Brasil, 30 anos
11 textos (202 leituras)
1 áudios (28 audições)
3 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 16:35)
Seaxdeor