Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESABAFO

DESABAFO

 

Por não poder falar abertamente
Me abate comumente essa tristeza
Desse amor proibido, dessa incerteza
Do não poder vivê-lo livremente

 

A vida é mesmo contente
Quando amamos gente disposta
A dá o mesmo para a gente,
Ah! Essa barreira interposta
Nos fosse indiferente.

 

Essa dor, essa angustia me destrói
Mas esse amor me leva e constrói
Poesias de amor, de lamento
E são essas rimas meu acalento.

 

Escrever é minha única companhia
Onde reclamo desabafo e clamo todo dia
Que o amor me venha tomar, como eu bem queria
Completo, sincero e aberto, esse meu desejo mataria.

 

O fogo dessa paixão eu saciaria,
A nos amarmos na madruga,
Sem medo, sem repúdio, sem fuga,
Sedenta de amor, o real e a fantasia, eu viveria.

 
 
 

Neide Rodrigues, poetisa potiguar, em 01/12/2019 às 10:44h
NeideRodrigues
Enviado por NeideRodrigues em 01/12/2019
Reeditado em 01/12/2019
Código do texto: T6808082
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
NeideRodrigues
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 54 anos
192 textos (3587 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/01/20 08:08)
NeideRodrigues