Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACIMA DA MINHA MÃO

Ponho a maldade sempre longe dos meus olhos
Mas às vezes molho meu tempo com lágrimas de tristeza
E Perco meu sorriso por instantes...

Ponho as ausências de bondade sempre longe de mim
E assim encontro tempo para amar o que me odeia
E assim posso deixar ainda mais gigante o coração...

Ponho meu coração sempre acima da minha mão
Pra que o inimigo não alcance
Nem consiga decifrar a sua cor...
André Gusmão
Enviado por André Gusmão em 10/10/2007
Código do texto: T689081


Comentários

Sobre o autor
André Gusmão
Portugal, 49 anos
211 textos (27991 leituras)
1 áudios (184 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/03/21 10:58)
André Gusmão