Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Filhos do amor

Vendo a vida passar, cabelos brancos a aparecer.
Inconformado, não acreditando no amor.
Assistindo a injustiças, sem nada poder fazer.
Via os dias passarem, vegetava, não sonhava.

Sem esperanças de ver uma flor nascer, não pensava.
Sorria apenas para esconder o que realmente sentia
Lagrimas que as dores da solidão faziam rolar, escondidas.
Para não entristecer aqueles que nada entendem ainda

A quem o destino me incumbiu de educar e faze-los felizes
Guardando minha dor, dando uma vida cheia de carinhos.
Não deixando, nunca a frieza de meus sentimentos os abater.
Mostrando o jardim da vida, cheio de flores lindas a regar.

Dando a vida, e da vida o que de mais importante carrego.
A energia do amor.
JR Cruz
Enviado por JR Cruz em 09/07/2005
Reeditado em 21/09/2013
Código do texto: T32589
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
JR Cruz
Antônio Martins - Rio Grande do Norte - Brasil, 59 anos
294 textos (32321 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 05:44)
JR Cruz