Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perereca solitária...[AlexMarq]

Perereca solitária...
[ Alex Marq ]
 
Tadinha da pererequinha triste e sem par...
Passava o tempo na beira do lago...
Devaneando-se a sonhar...
 
Com emoções de romances nunca sentidos...
Nuances e visões nunca vistos..
Beijos roubados e abraços apertados nunca envolvidos...
 
Triste pererequinha seca e solitária...
Que sonhava um dia ter seu par...
Um jovem que a amasse e um dia lhe fizesse se molhar...
 
Os jovens que iam na tarde no lago a nadar....
Não viram na beira a triste pererequinha calada...
Num passo desatento para a água foi lançada..
Feliz tornou-se a pererequinha...
Por ter achado o rapaz que fez ela se molhar...
( Alex Marq, 11 de maio de 2005)
Alex Marq
Enviado por Alex Marq em 12/05/2005
Código do texto: T16513


Comentários

Sobre o autor
Alex Marq
São Paulo - São Paulo - Brasil, 46 anos
79 textos (90261 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/05/20 02:52)
Alex Marq