Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DATA VENIA


Por vezes, certas confusões confusionam a vida da gente...
E se algo é mal ajuizado, nem sempre será um mau passo,
mas se for um mau juiz, algum mal poderá causar, se fizer
um pré juizo, poderá causar um prejuízo, se alguém agiu mar...
Vamos ver o que pode acontecer...

DATA VENIA
Marcial Salaverry
 
A douta Juíza me acusa de assédio sexual,
perdoe-me se me portei mal,
em minha invasão domiciliar,
mas meu intuito era apenas algo furtar...
E como nenhum causídico quis minha causa abraçar,
por eu ter tentado abraçar
a senhora Meretrissima, perdão, Meretissima,
permita-me advogar em causa própria...
Apesar de não haver cursado Faculdade,
ainda sou senhor de minhas faculdades...
Data venia senhora Juiza, para melhor
me defender,
e a justiça não fender
peço um habeas corpus, pois
com o corpo livre, melhor satisfarei
seus desejos...
Notei uma dúvida em sua petição,
e, como in  dubio pro reu,
considero conditio sine qua non
a concessão do quanto solicitado...
E nem careço de advogado...
Para penetrar em seu recinto,
serei bem sucinto...
E faço a petição à
Meretrissíma Juiza...
Perdão, Meretíssima...
Por ser um caso de litis consorti,
prefiro que seja leito com sorte...
Nestes termos,
para curar de seu coração o ferimento,
peço deferimento...
 
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 19/01/2018
Código do texto: T6230522
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 81 anos
22935 textos (2545335 leituras)
3 áudios (949 audições)
6 e-livros (2195 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 00:07)
Marcial Salaverry