Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


                          POESIA NA COZINHA

                A água no fogo,
                não escuta.
                não fala, e se
                escuta ou fala,
                é pelo seu chiado...
                Eu, falo... ela não
                entende... ou me
               responde fazendo
               bolhas.
               Pode ser que fale
               borbulhando, ou fale
               quando fique quente...
               Se é assim, entendo-a
               como onda do mar
               fazendo borbulhas...
              E que quer me contar
              suas aventuras de água !
               Quanto mais  se esquenta
               mais a entendo...
                Apago o fogo...
               Passo café.
              Ela agora refastelada
             em sua piscina aromática
             exulta na banheira e 
             turvada se exala...
               Agora é deliciosa,
               saboroso café... !


"JÁ TEVE MUITA GENTE, // PASSANDO CAFÉ PELA MEIA, // MESMO ASSIM O PRETO QUENTE, // FEZ PARTE DA NOSSA CEIA." -- Minha interação prezado poeta, entrando na sua onda poética cheia de humor. Gostei. Parabéns e abraços.

Assim comentou e disse o POETA OLAVO,,,

                


            
Alkas
Enviado por Alkas em 15/02/2019
Reeditado em 17/02/2019
Código do texto: T6575941
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Alkas
João Pessoa - Paraíba - Brasil
5482 textos (373174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/19 03:15)
Alkas