Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ô Noite

Ô noite tu que és tão bela
Desvendai-me teus mistérios
Para eu poder compartilhar de seus poderes
Chorar contigo quando o céu estiver coberto de nuvens
E gargalhar de alegria quando as estrelas parecerem dançar

Se algum dia me perder em teus laços sombrios salvai-me.
Salvai-me enquanto eu não compartilho de seus mais profundos mistérios

Que a luz de tua serva a Lua me ilumine para que não eu caia em na perdição das trevas
Que eu desenvolva a visão noturna para pode enxergar a realidade até mesmo em vales sombrios

Que as estrelas brilhem para meu sucesso e minha glória
Que elas sejam as medalhas reluzentes que conquistarei com honra
E se eu chegar a morrer...Que à noite me leve
E que à mesma seja meu sepulcro

Então as estrelas serão as velas que queimarão com intensidade
A Lua estará tão triste que decretará luto e se esconderá em densas nuvens negras
Mas a noite continuará bela para seus admiradores porem...
Ela estará cantando uma canção melancólica com a ajuda do uivar dos ventos
E assim morrerá um jovem seguidor da bela noite

Ô noite tu que és tão bela ! ! !


  Luan - Lord Cursed dia 15/05/2006
Lord Cursed
Enviado por Lord Cursed em 15/05/2006
Código do texto: T156655


Comentários

Sobre o autor
Lord Cursed
Carapicuiba - São Paulo - Brasil, 31 anos
27 textos (1514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/21 10:23)
Lord Cursed