Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando desperta o Demônio que há em mim

Quando desperta o Demônio que há em mim
De todos, o que mais ama, e o faz por ser
Quem mais, desgraçadamente, sofre, e é sim
Quem pode enchergar muito mais que ver.

Demônio que vem como uma bênção e me entorpece
Flui em meu sangue e assim, me acalma
Ah! Meu Deus, se algum dia eu pudesse
Me livrar dos tormentos que habitam minh'alma!

E todo meu amor, que é todo meu tormento
Que eu tento matar, mas que a mim é mais forte
Eu só preciso de força, pra ver se agüento
Não despertar meu Demônio até minha morte.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 07/10/2005
Código do texto: T57595


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
958 textos (33243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/11/20 19:57)
Júnior Leal