Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPELHO UM DO OUTRO.

O ASSÉDIO DO MAR EM MIM
CATAPULTA A MINHA CABEÇA
TALVEZ POR SER NATUREZA
PRÓXIMA VERSÃO DO SENTIDO
QUE MEXE COMO AS ONDAS
DE UM ÍNTIMO POETA, POETA...
PARALISADO EM SEUS VERSOS
NA ENERGIA DO MUNDO.

REFLETIDO MAR DOS REIS
APRISIONADO DE CONCEITOS
CONECTADO EM CORES
SUBMARINOS MARES E MARES
DE MEU CORAÇÃO PIRATA
MAS, CAPITÃO DE SEGREDOS
GUARDADOS NO INTERIOR DE MIM.

QUANTOS DE MIM EM MIM
AINDA TEM O TEMPO
PARA SE DIVIDIR E SER MAIOR
ASSIM, PARTE FORTE NA TERRA
NUM IMENSO PODER DE ATRAÇÃO
QUANDO SOMOS QUASE IGUAIS
E SÓ O CÉU É O PARAÍSO
QUE PROTEGE À TODOS NÓS.



                                                    CONDOR AZUL.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 09/05/2019
Reeditado em 09/05/2019
Código do texto: T6643148
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
832 textos (29834 leituras)
1 áudios (183 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/19 02:33)
Condor Azul