Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

??

Não multiplico peixes.
A porra da minha vida.
São cacarecos de coisas miúdas,
E moídas,
E doidas.
Meu lado são
Vive na inanição
Dos fatos,
Atos,
Alhos e bugalhos
Dos caralhos dos jornais.
O acento do a ou e ou i
Não define nem muda
A muda, a planta,
O vaso de terra seca
E a folha morta.
Toda mensagem embrulhada
Em papel de pão.
E você
Que não entendeu merda nenhuma,
Não se ocupe em me definir,
Eu mesmo não me aturo.

                                                     Mário S. Andrade – 15/04/2020
MARIO SERGIO SOUZA ANDRADE
Enviado por MARIO SERGIO SOUZA ANDRADE em 15/04/2020
Código do texto: T6917528
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
MARIO SERGIO SOUZA ANDRADE
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
508 textos (8032 leituras)
4 áudios (112 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 03:58)
MARIO SERGIO SOUZA ANDRADE