Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONSELHO.


AQUELE LIVRO
QUE ME PARECIA BOBO,
FOI UM PRESENTE
DO AMIGO INESQUECÍVEL.
POR VÁRIAS VEZES
FICOU SEM SER PERCEBIDO
NA MESA DE CENTRO DA SALA.
DIAS E NOITES,
SOIS E CHUVAS,
E TANTOS, TANTOS PROBLEMAS.
MAS, SEM QUERER
QUASE QUE INOCENTEMENTE
NUM FURTIVO MOMENTO
DE UMA LACUNA INGLÓRIA
TAMBÉM COMO UM PROCESSO
DE UM INTEMPESTIVO ATO
NÃO HOUVE UM ASSUMIR
DE ME ENVOLVER NA RODA
QUE A MESMA VIDA
JÁ NÃO SABIA ME DEFENDER.
ASSIM, NA QUEBRA DE ROTINA
O PESO DA LIBERDADE
VOOU DIRETAMENTE PARA O MEU CORAÇÃO.
NA PRIMEIRA FOLHA
UMA DEDICATÓRIA SINGELA
E ISSO FOI TÃO AGUÇANTE
QUE RESOLVI DENTRO DE MIM
QUE AQUELE LIVRO
EU IRIA LÊ-LO ATE O FIM
E TUDO MUDOU PARA MELHOR,
OBRIGADO AMIGO.



                                          CONDOR AZUL.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 13/01/2021
Código do texto: T7159094
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
930 textos (31421 leituras)
1 áudios (192 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/21 10:37)
Condor Azul