Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recorda-te do que me restou.

Recorda-te que um dia
De ti, fez-se poesia
E em noite das tristes
Fez-se feliz, pois tu existe
Recorda-te que um dia
De alguém, tu foi alegria
E em quem tu não insiste
Por ti vive, acredite!

Recorda-te que há alguém
Que sabe o que é amar também
E que, por menos que pareça
Há quem jamais te esqueça
Recorta-te que há alguém
Que lhe ama sim, porém
Se não quiseres, que permaneça
Não corte o peito de quem não mereça.

Recorda-te que o sentimento
Que procuras, eu lamento,
Mas se não for digna deste amor
Deixe que sofra sem rancor
Recorda-te que o sentimento
Que fere e mata por dentro
É algo que já me matou
Recorda-te do que me restou.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 23/11/2005
Código do texto: T75512


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
958 textos (33004 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/02/20 18:54)
Júnior Leal