Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ILUSATAL


         Nestes tempos de tanta, tanta indiferença, desrespeito,
             Achas que para tudo isso tem jeito?
         Não é comigo, então, melhor calar, não falar
               Não interpelar, simplesmente ignorar.
             E o meu igual? Igual em quê? Igual na cor do sangue,
        No respirar do pulmão, na cor da carne, no pulsar do coração.
                Fazes isso... é tão simples como um aperto de mão.
               Somos iguais – iguais  na dor... no sorriso... no calor.
                Calor de um  aconchego... do lamento e do acalento.
                   Já é tempo de perdão, de amor, de gratidão.
                             De pré conceito? Isso não!
                  É tempo de união. Unir nossas mãos
                Ao ponto de sentirmos bater num só coração,
                             Pois é natal e natal sem amor não é natal
                                                                                 É ilusão!
Silvânia Gregório
Enviado por Silvânia Gregório em 01/02/2018
Código do texto: T6242251
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvânia Gregório
Porto Velho - Rondônia - Brasil
5 textos (23 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/02/18 05:34)
Silvânia Gregório