Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na memória do meu coração

Começou muito cedo
Não sei se por alegria de viver
Ou talvez até por medo
Quem, sabe medo de as perder?

As lembranças ficaram, enlaçadas
Com cheiros e gostos, e azuis do céu
Os desenhos de giz nas calçadas
A mordida do inseto, e sua dor cruel

Um ou outro choro, uma noite em claro
Pessoas indo e vindo, um verão quente
O quintal verde, orvalho, um animal raro,
Uniforme, escola, conhecer a paixão ardente...

Um desenho no papel, uma música na cabeça
O brinquedo favorito, um jogo aprendido
Plantar uma semente, esperar que ela cresça,
Um irmão que retornava, um riso adormecido

Na memória do meu coração
Mora parte do que hoje eu sou
Tristeza e felicidade em comunhão
Alguém que acertou, alguém que errou

E cada paisagem ali arquivada
Com carinho e cuidado guardada,
Trazendo pra hoje alívio e alento
Inspiração a muitos dos sentimentos

Que tenho em mim para expressar,
Mesmo em uma segunda comum
Me dão vontade de vir versejar
E deles lembrar, um por um.

Na memória do meu coração
Moram alegrias e sofrimentos
Magia de varinha de condão
E o choro de alguns momentos

Mas, mais do que isso, ali vivem
A essência do que hoje eu sou,
E do que ainda irei me tornar
Em meu coração sobrevivem
As memórias de alguém que amou,
E ainda muito vai amar.
Odemilson Louzada Junior
Enviado por Odemilson Louzada Junior em 16/06/2010
Código do texto: T2322979
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Odemilson Louzada Junior
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
299 textos (14057 leituras)
1 áudios (33 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 21:52)
Odemilson Louzada Junior