Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vou na Esperança





 RODEANDO O DESESPERO
DAS CHAMAS QUE ONDULAM
POR ENTRE OS FUMOS IMENSOS
QUE ESCURECEM O CÉU


FLORES, NÃO MAIS ENCONTRO.
MAS ACHO
 CARINHO FRATERNO,
SE LONGÍNQUO
TÃO PRÓXIMO,
NO BATER DESCOMPASSADO
DO MEU CORAÇÃO DOÍDO.

E NELE VOU, NA ESPERANÇA
DE UMA NOVA PRIMAVERA.

DA NEBULOSA IMENSA
QUE NO AGORA ME CERCA
ENTREVEJO UMA OUTRA
MAIS LUMINOSA E INTENSA

 
INFINITA

 
ONDE O AMOR SE ENCONTRA.
E NO CAMINHO SE ABRAÇA.


Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 28/01/2005
Código do texto: T2742
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 68 anos
1267 textos (136855 leituras)
60 áudios (14441 audições)
9 e-livros (6354 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 02:12)
Maria Petronilho

Site do Escritor