Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Terno novo.

Dois ao longe,
Separei algumas flores,
Comprei um terno novo,
Alguns botões de nuvem,
Olhei em volta e tudo estava incerto,
Tomei dois copos de certeza,
Ensaiei uns passos,
Dois olhos e dois sapatos,
Desenhei uma escada,
Subi devagar,
Olhei para baixo, dois olhos,
Um olhar tão lindo...
Na ponta da escada mergulhei no corpo,
Desapareci dentro dos cabelos,
Caminhei sobre a cabeça,
Beijei a ponta do nariz,
E nos olhos desapareci,
Mas ainda hoje,
Ao olhar nos olhos de alguém distante,
Dizem ver, o reflexo de um homem de terno novo.

 

Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 31/01/2007
Código do texto: T365329

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
465 textos (14734 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 17:15)
Leo Magno Mauricio