Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar na Morte

Infamia ,desgraca atroz
Meu coracäo bate por vós
Qual punhal entre as costelas
A dor ,enorme me devora a sós.

O meu amor jorra de meu peito
Igual a sangue que corre na calcada
A ferida mal tratada näo curará a jeito
Morrerei por esgotamento de täo querer minha amada.

Perguntam voces leitores
Porque morro de amores
Eu nao queria morrer assim
Amor proibido  sem fim.

Turva-se o meu olhar
A neblina  invade-me a alma
Em breve a escuridao sagaz
Entao terei enfim Paz

Vejo-te de cima da aurora
De dor por mim padeces
O copo que levas a boca
Com  fatal veneno agreste.

Dois espiritos  vagueando
Agora  livres se amando
A morte nos juntou afinal
Num amor subrenatural.

Escrito em 01.02.2007
José A.Correia
Os Direitos estäo reservados
Quem quiser copiar é favor mencionar o Autor.





Cantinho
Enviado por Cantinho em 02/02/2007
Código do texto: T366897

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Cantinho
Alemanha, 55 anos
16 textos (503 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 15:27)
Cantinho