Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"COM FUSO", À MENTE...ENTÃO PARAFUSO.

Com Fuso, à mente...então parafuso.

Fuso...parafuso...da cabeça para o mundo
Pára raios...raios fúlgidos, de idéias retumbantes
Um refúgio...a caverna...silhueta de dois mundos
Cavo um poço...calabouço...cala a boca desse moço
Ou escreve...vem descreve, desmentindo versos sujos
“Sujismundo”, inundando...mentes fétidas, febris
Claridade...me sorri, em meio ao meio sem fim...
Que fim quero eu ter...nem quero eu morrer
Me quero...eterna mente...em letras poesia...
Sendo noite, sendo dia...cancioneiro sem canção...
“Racionista”sem razão...comedido...e comendo...
Da carne...dos raios, das idéias...pensamento.


Copyright 2007 by Danilo Cândido Todos os direitos reservados ao autor

poeta inverso
Enviado por poeta inverso em 20/02/2007
Código do texto: T387069

Comentários

Sobre o autor
poeta inverso
Portugal, 33 anos
76 textos (1481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 16:02)
poeta inverso