Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Com Drummond ao som de Renato Russo

Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus
Tempo em que não se diz mais: meu amor.
E os olhos não choram.
E o coração está seco.

Este é tempo de divisas,
tempo de gente cortada.
De mãos viajando sem braços,
obscenos gestos avulsos.

E há tempos nem os santos têm ao certo
A medida da maldade.
Há tempos o encanto está ausente
E há ferrugem nos sorrisos.

E a areia desce, a ampulheta se esvazia
Infeliz é o tempo que nos resta
Já não há amor, somente guerra
E estamos cansados de lutar.
Bruno Pondé
Enviado por Bruno Pondé em 18/03/2007
Reeditado em 18/03/2007
Código do texto: T416650

Comentários

Sobre o autor
Bruno Pondé
Salvador - Bahia - Brasil, 31 anos
28 textos (3565 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 06:18)
Bruno Pondé