Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reconstruindo


Na base dessa nova tessitura
os fios brancos grafam a paz
das realizações e um novo colorido
define-se, contanto...

Dilacere-se o estigma de fim
e renove-se o paradigma.
Da aposentadoria o sentido
desobrigação seja abraçado

E que desse lucro de liberdade
sejam muito os voejares,
embevecidos no crepúsculo.
Que o âmbar dos céus

Possa escorrer como mel
nas longas aterrissagens
em campos de lavanda
perfumando as estrelas...

do anoitecer
elisasantos
Enviado por elisasantos em 31/01/2008
Código do texto: T841481
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
elisasantos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
430 textos (24999 leituras)
1 áudios (95 audições)
4 e-livros (176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 16:38)
elisasantos