Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Da série do dicionário individual conotativo: Realidade

Acho que cada um tem a sua... a minha é inverossímil
Onde a vida é uma vilã com requinte de crueldade
E morte às vezes me aparece como a libertadora e ora como quem castra...
E eu que nem não sou personagem disso? Sou apenas boneco de "ventrílouco"!
Preso por fios, em nós que me atam em regras sociais e de tola existência...
Pior que no fim, posso estar preso por nós, mas só existe eu em mim...

Acho que o grande defeito da realidade
É não aceitar minhas verdades que eu tento impor...
Augusto Sapienza
Enviado por Augusto Sapienza em 19/04/2008
Código do texto: T953387


Comentários

Sobre o autor
Augusto Sapienza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
52 textos (2281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/21 16:53)