Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema do Perdão

                     POEMA DO P E R D Ã O


Fico pensando no quanto  lhe fiz sofrer...
Lembro-me das lágrimas que derramou por mim.
E apesar de tudo você se manteve digna e fiel.
Acreditou que eu poderia mudar;
Que o homem que eu era poderia voltar.
Esperou em mim, quando nem eu esperava.
Recordo-me das palavras duras que lhe falei;
Da minha frieza que contrastava com meu caráter de outrora.
E você sofria, chorava, rezava e esperava.
Sofria por meu desamor;
Chorava por minha ingratidão;
Rezava para que Deus me iluminasse.
E esperava que minha razão voltasse.
Lembro-me, hoje, do que fiz,
E não me consigo desculpar.
Não era eu aquele homem.
Não me reconheço naquela pessoa.
Era uma caricatura do que antes fui.
Agora eu sei que quando o homem se afasta de Deus,
Sua alma se corrompe
E seu espírito vive nas trevas.
Seu sofrimento e  suas lágrimas me tocaram;
 Suas  orações e sua confiança me redimiram.
Se algo almejo neste mundo,
É a sua felicidade.
Se algo ainda peço a Deus,
É que você possa me perdoar.
O homem que fui,
O homem em que me tornei,
E o homem redimido de hoje,
Só espera que tenha vida suficiente
Para poder recompensá-la pelo que lhe fiz passar.

Pedro Lodi
Enviado por Pedro Lodi em 13/02/2018
Código do texto: T6252635
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Lodi
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 72 anos
123 textos (943 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/18 02:20)