Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA PARA POSTERIDADE



Quando eu morrer
 não  quero choro atrasado...
amor vomitado...
Flores de papel...
Lutos amarelados
Quando eu morrer
Não  quero lembranças perdidas...
Histórias  vazias
Lágrimas vadias
Espantos que vem com a percepção  da passagem do  tempo...
A vida comanda que o tempo de amar  é  agora
O choro é  agora...
O amor é  agora...
As flores são agora...
Acertamos agora...
Erramos agora...
Sonhamos agora...
O livro está  sendo escrito agora...
Usa - se a razão agora...
O afeto agora...
Chora -se
agora...
Depois tudo é  outrora
Pretérito vazio...
A vida ensina  que o medo e  a dívida  dominam, pois não...
Sou liberdade...em Deus depois  da vida
Serei página virada...vida vivida
Sem a dor que esmaga.
"Jaz aqui alguém  que não  tem  preço."
-Do imaginário poético.
Todos os Direitos reservados.
VivianMaria
Enviado por VivianMaria em 15/01/2018
Reeditado em 26/01/2018
Código do texto: T6227219
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
VivianMaria
Brasília - Distrito Federal - Brasil
322 textos (13525 leituras)
1 áudios (44 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 09:24)
VivianMaria