Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TOMATES

TOMATES

Meus adoráveis tomates
Digo a vocês antes que os mate
De comê-los tenho dó
ao observá-los só
Estranho humano sentimento
dizer isso a uma fruta alimento
Mais parecido com legume
cuja maciez a faca não precisa ter gume
É que entre nós houve uma relacão de amizade
Os vi do caule germinar até chegar a essa idade
Torci pelo seus crescimentos
fiz de tudo para seus desenvolvimentos
Agora os vejo possivelmente saborosos
Mas ao mesmo tempo com esses sentimentos amorosos
De certo modo fui responsável pelas suas vidas
Dirão que reflexão invertida
nasceram para isto
Aproximacao sentimental dos seres vivos dá nisto por isso insisto
Tá bom vou comê-los
pois ricos em licopeno antioxidante e diurético
Digerindo-os me sinto um pouco antiético
Huuuummmm que gostosura
Começarei imediatamente outra cultura
Sem mais intimidade com os outros tantos tomates
Que venham para eu comê-los e minha vontade no pé os arremates.
Jorge Claudio Cabral
Jorge Claudio Cabral
Enviado por Jorge Claudio Cabral em 15/02/2020
Código do texto: T6866441
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Jorge Claudio Cabral
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
24 textos (357 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/02/20 14:41)