Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A mim me basta a vida

Não preciso que me mostrem
De onde vêm a chuva e o arco-íris
Porque brotam lá minhas lágrimas.
 
Não careço de que me acordem pra vida
Nem de explicação sobre Deus
Porque com ele apaziguo minh’alma.
 
Não necessito de companhias sazonais
De supostos amores ditos humanos
Que me olvidam quando o sol brilha.
 
Não morrerei jamais na antessala da solidão
Embora provado que o amor infinito
Não passa de invencionismo e utopia.
 
A felicidade é uma arma quente
E a fidelidade incondicional tem-se nos livros
Por isso não anseio tua compaixão.
 
Não preciso de tua piedade pungente
Pois, pra eu viver em equilíbrio,
A mim me bastam fé, tempo e poesia.
Cid Rodrigues Rubelita
Enviado por Cid Rodrigues Rubelita em 16/09/2012
Reeditado em 29/09/2012
Código do texto: T3885296
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cid Rodrigues Rubelita
Curitiba - Paraná - Brasil
147 textos (4947 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/19 02:06)