Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO

Solidão...

Palavra aguda.
Afiada.
Desesperadora.

A falta de alguém,
Para amar...
Para não amar...

Não-conversa,
Que agonia, a alma.

Vazio preenchido pelo que?
Por desabafos, supostos.
Mas...
Não-desabafos!
Pois interiores.

Lágrima sádica da verdade...
Assassina verdade.
Transborda meu pensar,
E pluvia meu ser,
Até que a enchente,
A represa,
Rompa.

Pedro Batalha
Enviado por Pedro Batalha em 08/03/2007
Reeditado em 08/03/2007
Código do texto: T405070

Comentários

Sobre o autor
Pedro Batalha
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
10 textos (649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 10:03)
Pedro Batalha