Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sensatez

Nestes tempos tão sombrios,
onde o ódio domina ações,
violência rege os discursos,
quero manter minha sobriedade,
dirigir minha vida com cautela,
não virar alvo de extremistas,
há tantos cacos de vidro no caminho,
tantas farpas lançadas ao vento,
cercas de arame farpado espreitam,
preciso me desviar do que possa me ferir,
sobreviver para ver o próximo pôr do sol,
ser testemunha de que ainda há algum amor,
evitar o que me seduz para o outro lado,
silenciar a revolta que explode os sentidos,
acender uma vela nessa minha escuridão,
ser farol para quem estiver em perigo,
fazer do silêncio um protetor, um cobertor,
me aquecer nesse inverno de sentimentos,
está tudo mais estranho que o normal,
quando só se fala em armar para não amar,
eu que já não sou normal não posso me perder,
sair da estrada é tomar um rumo sem volta,
não serei o arauto de minha destruição novamente,
minhas sete vidas acabaram na última encarnação...
Andretti
Enviado por Andretti em 11/10/2018
Reeditado em 11/10/2018
Código do texto: T6473685
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andretti
Arapiraca - Alagoas - Brasil
803 textos (15964 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/19 12:19)
Andretti