Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Grito Silencioso

A saudade no peito,
Desprende-se em voos,
Indo ao encontro do eu.
Mas...
Só o vazio do nada,
A saudade encontra
Nesta hora.
Peito explode,
Em um grito silencioso
Que não deu...
Então!
Alma desespera
No compasso da espera
Dando rasante em voos
Na hora do desespero da espera.

Lucimar Alves

INTERAÇÕES

"Saudades...
de onde vens?
Saudades...
quem nas as tem?
Se até da própria saudade...
Eu sinto saudades também..."
(POETA OLAVO0

Lucimar Alves
Enviado por Lucimar Alves em 15/05/2019
Reeditado em 20/05/2019
Código do texto: T6647810
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lucimar Alves
Goiânia - Goiás - Brasil
2177 textos (152942 leituras)
1 áudios (90 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/06/19 05:40)
Lucimar Alves