Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nem tudo é festa

É um silencio absurdo na noite mais barulhenta que as coisas se revelam
Sorrisos alegrias fogos, os pets latindo pelo barulho ensurdecedor dos fogos
Onde comida e bebidas tilintam de mesas em mesas em meio a fartura sub entendida
Uma alegria fingida mas necessária, sim necessária pois sem ela nada teria sentido
Amanhã começará um novo dia, então que seja sem arrependimentos e sem medos
Mas antes que o amanhã chegue, brindamos o momento mesmo que sejam no silencio
Assim enganamos todo o sofrimento no longo do ano, não importa, nós vencemos
Mesmo que seja nessa noite apenas a vitória, mas vencemos, deixamos o orgulho de fora
Deixamos as magoas sentidas para traz, deixamos os sonhos não realizados no esquecimento
Amanhã é um novo dia, um novo começo onde as derrotas nos dão uma chance de lutar
Aprenderemos com erros passados, mas não nos impede de comete-los novamente
Sim, somos falíveis e craques em insistir nos erros sabendo que nos trará dor
Só nos resta então viver com sabedoria e discernimento, praticar o certo mesmo errando
Pedir que a força misteriosa que nos rege nos proteja para que, na noite mais barulhenta do ano, não nos faça sentirmos, no mais absurdo silencio de novo.
Feliz ano novo
Fei
Enviado por Fei em 01/01/2018
Código do texto: T6214325
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Fei
Itapira - São Paulo - Brasil, 60 anos
552 textos (10251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 05:52)
Fei