Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A luz

Estou pronto, cruzei a faixa do fim, não venci, mas completei.
Olhei todas as cores, e percebi todos os sorrisos.
Aprendi a ouvir o que não dizem, contemplando o silêncio conselheiro.
Eu fui tão longe, tão longe, os limites de tudo conheci, alguns tristes, alguns perigosos.
Entendi o que tentam decifrar, e ninguém sabe ainda, mas tudo que existe, é um filme do nosso cérebro.
Cheguei ao fim, digno de cansaço e sede, e no caminho, aprendi em todas as esquinas as maldades humanas.
Ninguém, ninguém mesmo, diz verdades o tempo todo, todos purulam suas nojeiras internas, todos escondem seus ratos mortos no bolso.
Eu e vocês, só podemos olhar...eu de dentro, e vocês de fora, os galhos secando neste inverno infinito.
Estou pronto, nada foi em vão, não fiquem tristes, nunca me vi nesse mundo, cada dia, cada minuto, foram tortuosos, difíceis, tristes.
Olhando o horizonte, meus olhos já se foram a muito tempo, partiram no sonho, dormiram nas nuvens, e me levaram daqui.
Thiago Herek
Enviado por Thiago Herek em 07/09/2018
Código do texto: T6442282
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Herek
Londrina - Paraná - Brasil, 40 anos
162 textos (3565 leituras)
3 áudios (59 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/19 05:36)
Thiago Herek