Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NAS PEDRAS DO CAMINHO

NAS PEDRAS DO CAMINHO

Pedras do caminho
Inícios, fim e meios
Emaranhados de nós em nós
Sós ou em nós
Estamos sós
Tecendo musgos.

Veredas no caminho
Opção
Destros ou não
Central é o nosso coração.

Singro e sigo o caminhar
Bordejado em ondas e remansos
Oceanos revoltos
Sóis ou o cavalo de São Jorge na lua
Guias na cerração
Pedras, pontes
(Talvez) escadas
Sigo a lenços soltos
Passo a passo
Direção.

Marina Barreiros
ALTO-ACADEMIA DE LETRAS DE TEÓFILO OTÔNI

Interação do poeta OLAVO:
VOU TODAS AS PEDRAS PULAR, // ATÉ ENCONTRAR O MEU BEM, // NESSE CAMINHO VOU ENCONTRAR, // O AMOR QUE ME QUEIRA TAMBÉM.

Interação do poeta Alberto Valença Lima:
Pedras?/Por que existes?/Acaso já me encontraste tão triste?/Por que no meu caminho te espalhas?/Precisarei sempre vencer tantas batalhas?/
GRATA A TODOS PELA ACOLHIDA E PELAS LEITURAS
MARINA BARREIROS MOTA
Enviado por MARINA BARREIROS MOTA em 10/12/2018
Reeditado em 30/12/2018
Código do texto: T6523612
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MARINA BARREIROS MOTA
Palmas - Tocantins - Brasil, 59 anos
109 textos (4829 leituras)
1 áudios (185 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 18:40)
MARINA BARREIROS MOTA