Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ASSÉDIO


.
.
.

Quantos horrores
invocam
as vibrações
do teu relato,
trazendo
a miséria,
silêncio
de outrora?
Dores!...
Ainda que
cá não estivesse,
seria arrebatado
pela clara
eloquência,
testemunha inominável,
que se arrasta
débil, tactil, terrificada,
indefinível, pulsa
dói...!
Diego Duarte
Enviado por Diego Duarte em 27/09/2018
Código do texto: T6461058
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Diego Duarte
Ananindeua - Pará - Brasil
401 textos (7848 leituras)
3 e-livros (135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/01/20 06:33)
Diego Duarte