Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PERIFERIA DO ÉDEN - 52

Jonhny morreu
e você ficou só
com seu trompete
vai ter que se acostumar...
ela era sua única amiga fiel
e agora partiu
mas não chore
porque existe alguém
que ainda pensa em você
olhe atento para esse céu de abril
e ela vai aparecer.
mas é a jonhny
ela voltou
te estende os braços
Jonhny te pede
que pegue
quem a matou...
aquele homem mal
que nunca sai
e não gostava
de você nem de jonhny
-o meu pai...
atrás da porta
tem a cadeira balançando,
Caravaggios, o sol entrando
e o trombone...
-e muitos livros importados
nas estantes...
os degraus da velha escada
que nunca tinha ousado subir antes...
subiu, e o olhou
de costa para a porta
-Jonhny - falou-
se é por você não importa
me sujar com o sangue dessa víbora.
quero ver em quem é
que ele vai bater e violar agora...
tocarei trompetes, Jonhny
e exorcizarei os demônios
e seus trombones
Christopher Marlowe
Enviado por Christopher Marlowe em 18/09/2008
Código do texto: T1185175

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Christopher Marlowe
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 55 anos
22 textos (488 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/05/21 10:16)
Christopher Marlowe