Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Orgulhe-se Sociedade

Sociedade hipócrita a que eleva e se auto-ignora,
Orgulham-se dos fiascos de pequenas qualidades
E tropeçam nas barras dos seus vestidos
Com tom de infamidade.
Ignoram seus erros comuns,
Espantam-se dos que são descobertos,
Fingem não conhecer sua própria criação,
Escondem suas sujeiras debaixo dos próprios olhos
Para poderem meter o dedo no dos outros...
São permissivos ao cometerem as piores de suas críticas
E opressivos ao ver o outro cometer,
Sussurram seus atos escandalosos
E escandalizam atos surdos
De outra autoria, para que
Não ouçam dos seus estardalhos.
Agonizam em sua luta pela paz,
Pois são os próprios criadores da guerra.
Fingem d’ante o espelho
Não conhecer as rugas que tem na cara,
Acumuladas pelo desgaste dos anos de sua existência;
Abominam seus próprios poderes,
Onde a única coisa que mostrou foi seu fracasso.
Falência acarreta nessa sociedade, desigualdade,
Incoerência, pestes, doença,
Crimes eleitos e aplaudidos se vierem do alto,
Crimes condenados e violentados se vierem de baixo,
No próprio chão onde foi plantado.
“Crimes são crimes dependendo de onde for o lado”.
Crimes são Crimes, Crime é um Fato!
Orgulhe-se sociedade,
Ou abra seus olhos para seus atos
E encare sua realidade.

                         Jocca Zêmiph 27/10/2009.
Jocca Zêmiph
Enviado por Jocca Zêmiph em 28/10/2009
Código do texto: T1892957

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Jocca Zêmiph
Recife - Pernambuco - Brasil, 38 anos
76 textos (10360 leituras)
1 e-livros (30 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 16:54)
Jocca Zêmiph