Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Onipresente


Olho a rua e vejo
A mão estendida, a criança carente
O homem doente
O sol no poente

Olho a rua e vejo
Carros que passam, homens
Na praça, a mulher descalça
A vida sem graça

Olho a cidade e vejo
Multidões de pedintes, cachorros
Abandonados, pessoas com fome
E o menino sem nome

Olho a cidade e vejo
Sem brilho de estrelas, monotonia
Sem alegria, a noite que cai
Trazendo o orvalho

Olho nos teus olhos, e não
Me vejo mais neles, uma mão
Que não toca, uma boca sem beijo
Um caminhar sem direção

Volto pra casa, sem sono
Sem dono, pensamentos em
Abandono, lar
Doce lar.

Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 03/08/2006
Reeditado em 10/12/2007
Código do texto: T208268
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
1436 textos (75474 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 04:51)
Fátima Batista