Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gira mundo

Volta mundo,
vira e revolta
Roda, gira, tomba e solta...

Vão homens sem rumo
Vão crianças andando
E vão também
mulheres que sempre soltam
gritos de dor...

E rangem os dentes todos
sem querer retornar à vida,
de reviravoltas.

O mundo vira, vira e volta
já está passando,
já há retardatários
Estes aí,
A marcha dos lentos,
dos perdidos,
dos desalentos,
dos sem rosto,
dos sem posto.
Os que olham só pro chão.
Este chão que não acaba,
não dá em lugar nenhum...
Passos curtos,
muita fome,
privação,
alguns furtos...
Multidão de cara branca,
Vaga a marcha dos desesperados,
rumo ao inferno da vida,
infinito.

O mundo Roda, giramundo...
Mais na frente,
gente ligeira,
de canseira passageira,
gente que anda sem cansar.
Gente que roe as milhas num segundo
num carro que corre rios
de dinheiro,
que lá atrás,
nunca ninguém verá.
Um carro velho do ano dez mil...
Gente que dá voltas
muito mais,
que todo o mundo,
mas já estão zonzos...

Roda, gira, ciranda cirandinha
Volta e meia, meia volta,
meio mundo,
Criancinha que anda de carro,
que anda á pé,
que vai no colo do pai,
Criancinha que vai
com venda nos olhos....

Ninguém se perde,
Nunca,
pois o caminho,
é bem pertinho,
é sempre igual.

Roda, volta, gira
Tomba no abismo profundo,
E só não vira,
Quem não está no mundo.
Dianaluz
Enviado por Dianaluz em 27/01/2007
Código do texto: T360115

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Dianaluz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 31 anos
40 textos (1612 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 04:11)
Dianaluz