Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POETA DA GARAGEM

POETA DA GARAGEM

Não, eu não sou um poeta de gravata...
Também não sou estudado e nem
Conheço as leis do Ranganathan.
Meu negócio é lutar pelos direitos dos pobres,
Fazer da poesia, a arma de luta
Contra os que edificam a riqueza
Com o suor do operário...

Sim, eu tenho o número do Robin Hood.
E amanhã eu vou ligar...
Pedindo distribuição
De alimento e dinheiro para a pobre população!

Eu escrevo as coisas na garagem,
Não escrevo para você de terno ler...
Eu escrevo para o pobre,
Para aquele cujo rico quer foder!
Héber Bensi
Enviado por Héber Bensi em 02/03/2007
Código do texto: T398986

Comentários

Sobre o autor
Héber Bensi
São Carlos - São Paulo - Brasil, 33 anos
31 textos (767 leituras)
7 e-livros (102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 04:58)
Héber Bensi