Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Horizontalho

O que você sentiu no último segundo? E no que passou agora?
Quem sentiu seus segundos passarem?
Você mesmo já passou pelos segundos de alguém, você ainda é salvação de alguns segundos para algum alguém.
Quanto tempo levou para você se tornar isso ? Quanto tempo tem guardado quando seu olho abre? Não guarda quem aguarda, tem sabor de teto amarelo tanta espera.
É como se vestir no escuro, terminar a maquiagem submerso no ar. Afagar os cabelos depois da onda, apagar as anotações embaixo do mar.
A gente só quer é que tudo fique bem... E esse tudo cabe todo mundo... Desde que... imagine o que eles vão pensar!
Parece que vamos acender uma bola de cristal. É tanta informação que umas 5 ou 6 vezes não explicaria todas as vezes que Londres engoliu meus sonhos. Os pesadelos é que não riscam seus compromissos da minha agenda.
O chão de não se saber é só não ter ao mesma gota do mergulho que você! O que você faz com todas as vontades de gritar? Não é incrível como tentamos esconder as coisas de nós mesmos? Eu te faria a órbita de todas as viagens. Eu contemplaria a sanidade de todos os sofás num domingo a noite. Apodreceríamos tédio errando em meditar. Erre, é essência!
Por que as pesquisas de satisfação só tem 5 fases? Enquanto eu penso nisso aqui, uma luta é ganha, outra se perde. A certeza é de que milhões de batalhas silenciosas escorrem nos gramados, aprendizados valiosos evaporam numa reforma do bairro ao lado. Quantas vezes você já foi um lar?
Não ter alguém, algum lugar. É como uma síntese de combinações onde parece apenas o negativo dar certo. A ligação entre dois seres numa interjeição, não deveria nunca ter um MAS entre as duas partes. Tem gente que ainda não acredita que o maior preço não é em moeda, maior dor não é carne e maior castigo não é terra. Por quantas avalanches você já foi pedra e caminho?
Termodinâmica, ternura sem limites, regras de conduta, quanticidade anônima e Benfezato de xilinol. Qual mistura também te envolve? Quantas vezes você fez isso pela última vez?
Ninguém é mais o mesmo. Mais certo que toda célula e hormônio o que me reveste e investe é tempo. Memória e sangue feito de sentimento. Hemoglobina de atitudes, plaquetas brilhantes de culpa e neurose. Alguém faria se não você. Já está tudo diferente, tudo o que prometemos evaporou como tijolo em Saturno, bebeu como controle em fluído... E você nem contou os segundos, e você ainda nem descobriu que é só o tempo.
Só o último segundo, só o que passou agora só você e o tempo. Só que o tempo é você!
Douglas Tedesco
Enviado por Douglas Tedesco em 02/09/2018
Código do texto: T6436860
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Douglas Tedesco
Tijucas - Santa Catarina - Brasil
323 textos (64581 leituras)
35 áudios (2958 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/05/21 08:26)
Douglas Tedesco