Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem me dera pudesse estar...

Quem dera pudesse estar
Nesta cama quentinha,
Bebendo este leite morno,
Vendo do sofá de minha casa
a beleza do luar

Quem me dera pudesse ter
Uma renda comprovada,
Um salário que ao menos,
Me permitisse sempre ter o que comer.

Quem me dera pudesse me queixar
Da apatia de ficar em casa,
Cansada de não fazer nada,
Querendo sair, comprar e viajar...

Quem me dera pudesse ver
Uma sociedade menos injusta
Olhando para os miseráveis como eu,
Que mal tem o que comer...



Este poema é dedicado a todas as pessoas que estão em situação de rua, desempregadas, marginalizadas , os chamados "ralés" da sociedade.
Isabel Figueirêdo Lima
Enviado por Isabel Figueirêdo Lima em 26/03/2020
Código do texto: T6897262
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Isabel Figueirêdo Lima
Alagoinhas - Bahia - Brasil, 35 anos
62 textos (7773 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/04/20 21:36)
Isabel Figueirêdo Lima